Considerações sobre corte de custos em tempo de crise

CORTE DE CUSTOS – Gastos, custos, despesas e investimentos são coisas diferentes. Os termos mudam dependendo da finalidade do produto ou serviço consumido e do impacto que cada um terá no orçamento.

Para começar, gasto é qualquer bem ou serviço adquirido. Custos são os gastos para a produção de outros bens ou serviços. Por exemplo, a matéria-prima a ser usada na fabricação de um produto, é custo. Já as despesas são os gastos frequentes com a estrutura comercial e administrativa do seu negócio. Podem contemplar desde aluguel até itens de limpeza, passando pelo veículo da empresa e pelos serviços de manutenção. O investimento, por outro lado, é o gasto feito com objetivo de gerar benefícios futuros, como a compra de um maquinário para aumentar a produção.

Considerações sobre corte de custos em tempo de crise

Gastos fixos e variáveis também guardam peculiaridades

O gasto fixo compreende os custos e as despesas que não se alteram pelo volume de produção ou de vendas. Já o gasto variável diz respeito aos custos e despesas que mudam mediante o volume de produção ou vendas. O salário do vendedor, por exemplo, é um gasto fixo. Mas a comissão que ele recebe pelas vendas é um gasto variável. Água e internet são gastos fixos, embalagens são gastos variáveis.

…assim como custo direto e indireto

Custos diretos são os gastos relacionados diretamente à produção do bem ou serviço. Como a mão de obra, matéria-prima e insumos utilizados. “Já os custos indiretos são os gastos necessários na linha de produção, mas que não tem relação imediata com a produção do bem ou serviço. Como os funcionários da manutenção dos equipamentos ou do almoxarifado; material de lubrificação ou limpeza”, explica a planejadora financeira da Mei-Consulte, Leila Matajs.

Na hora do corte, é melhor reduzir gasto fixo

O gasto variável, como explicado, vai diminuir automaticamente com a queda nas vendas. “A redução será mesmo necessária no custo fixo, porque, quando ocorre a diminuição do volume quantitativo de vendas dos produtos, o valor do custo fixo final unitário aumenta”, esclarece Matajs. Veja o exemplo na tabela acima.

Se ainda restar dúvidas sobre o assunto, você pode ler a matéria completa aqui, ou entrar em contato com a Art Seven Contabilidade. Nossos profissionais estão a sua disposição.

Deixar um Comentário